segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Panquecas.... para começar em beleza a semana...



Bom dia com alegria para todos nós...
Mais uma semana que começa... mais um destino que nos traça a próxima viagem...
As mesmas estradas... os mesmos lugares... as mesmas rotinas... as mesmas pessoas... o mesmo cansaço... 
A vida é feita de pequenos ciclos... ciclos esses que nos enchem o coração e a alma... ciclos que nos permitem desfrutar de pequenos prazeres.... uma e outra vez...
E nada como começar o dia com Panquecas com sementes de papoila....
Deliciosas... frescas.... e perfeitas para mimar dois de uma vez... ele e eu....





Ingredientes:
300 g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
65 g de manteiga sem sal derretida
60 g de açúcar amarelo
3 dl de leite
3 ovos
raspa de 1 limão
2 colheres de sopa de sumo de limão
uma pitada de sal
20 g de sementes de papoila
manteiga para untar a frigideira
Maple syrup para servir
morangos, framboesas, mirtilos e uns raminhos de hortelã para decorar.




Preparação:
Numa taça colocar a farinha, o fermento, o açúcar, a raspa e sumo de limão, e uma pitada de sal.
Bater os ovos com a manteiga derretida e o leite. Juntar ao preparado anterior e bater muito bem com uma vara de arames.
Adicionar as sementes de papoila.
Deitar um pouco de manteiga numa frigideira, de preferência anti-aderente, e levar ao lume a aquecer. Assim que esteja quente, deitar a massa com a ajuda de uma concha ou colher na frigideira. Rodar a massa de modo a que cubra o fundo. Passado um minuto voltar a panqueca. Deixar cozer do outro lado e retirar para um prato. Fazer a mesma operação até esgotar a massa.
Servir as panquecas com maple syrup e decorar com os morangos, as framboesas, os mirtilos e uns raminhos de hortelã.



Esta receita é uma das minhas preferidas... e fui buscá-la literalmente a um lugar que adoro visitar... o cinco quartos de laranja....
São deliciosas... 
As sementes dão-lhe uma textura crocante fantástica e o limão uma frescura perfeita...
Sem dúvida são uma excelente maneira de começar o dia a dia e as suas loucuras em 12 rodas ou simplesmente desfrutar de um merecido descanso de fim de semana...
O chef cá de casa já se rendeu aos começos do dia a dia com panquecas... e eu estou viciada nos seus mimos de agradecimento... hehehehehehe..... afinal amor com amor se paga...
Um grande abraço nosso e já sabem.... sejam felizes e façam felizes...
Até ao regresso...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Um menu especial para mimar quem nos cuida todos os dias...

Olá amigos... 
Mais um fim de semana que passou... Foram dois dias de um sol tímido e algum frio à mistura....
Foram dois dias onde a palavra chave foi Descansar.... Desfrutar.... e Mimar... 
Descansar de uma semana de muito trabalho... desfrutar de pequenas coisas insignificantes para muitos mas que para nós são a cereja em cima do bolo... como por exemplo....uma cama grande... um sofá ... uma televisão... a minha cozinha...e uma casa de banho só para nós.... e mimar aquele que todos os dias cuida de mim... A desculpa perfeita para haver um Menu de Fim de Semana... este com um toque especial pois foi uma antecipação do dia de S.Valentim.... 




Entrada: Mexilhões ao vapor com hortelã e malagueta



Ingredientes (para quatro):
1 kg de mexilhões
Azeite virgem extra
3 dentes de alho cortados em rodelas finas
1 malagueta cortada em rodelas finas
1 ramo de hortelã
2 limões
½ copo de vinho branco
1 folha de louro



Preparação:
Limpar os mexilhões, com ajuda de uma faca eliminar todos os fios e lixo de cascas.
Passe-os por água para retirar os restos de sujidade.
Deixe-os escorrer um pouco.
Num tacho largo colocar um fio de azeite com o alho, a folha de louro, a malagueta e metade da hortelã picada.
Deixar aquecer um pouco.
Deitar os mexilhões, tapar e deixar cozinhar por quatro minutos mexendo o tacho de vez em quando.
Acrescentar o vinho e deixar cozinhar tapado por mais 5 minutos.
Regar com o sumo de 1 limão e servir polvilhado com a restante hortelã picada e o restante limão cortado em gomos.

Prato principal: Coelho no forno com cogumelos



Ingredientes (para quatro):
1 coelho cortado em pedaços
100 ml de vinho branco
8 batatas pequenas
300g de cogumelos
1 cebola
sumo de 1 limão
4 dentes de alho
1 colher de sopa de ervas de Provence
2 folhas de louro
azeite virgem extra
sal
pimenta de moinho
tomilho fresco



Preparação:
Lavar os pedaços de coelho e seca-los com papel absorvente.
Colocar a carne num recipiente grande e temperar com sal e pimenta de moinho.
Acrescentar o vinho, o sumo de limão e as ervas de Provence, mexer com a ajuda de uma colher de madeira.
Tapar e deixar repousar por 1 hora no mínimo.
Lavar bem as batatas e seca-las com ajuda de papel absorvente.
Com ajuda de um garfo fazer vários buracos em cada batata.
Colocar as batatas num recipiente que possa ir ao micro ondas, regar com um fio de azeite um pouco de sal e pimenta de moinho.
Cozinhar as batatas na potencia máxima por 4 minutos.
Dar meia volta às batatas e voltar a cozinhar por mais 4 minutos.
Reservar.
Limpar os cogumelos, retirando os restos de terra, e corta-los em dois ou em quatro se forem grandes.
Saltear os cogumelos 5 minutos com duas colheres de sopa de azeite virgem extra, um pouco de sal e pimenta de moinho.
Retirar os cogumelos e saltear a cebola cortada em meias luas com um pouco de azeite por 5 minutos.
Reservar.
Pré aquecer o forno a 180ºC.
Regar um tabuleiro de ir ao forno com um pouco de azeite.
Colocar os pedaços de coelho com o líquido e cozinhar aproximadamente por 40 minutos.
Quando o coelho estiver quase pronto, retirar do forno.
Num tabuleiro colocar as batatas cortadas pela metade, a cebola, as folhas de louro e os alhos esmagados e os cogumelos. Temperar se necessário com mais um pouco de pimenta de moinho e sal.
Colocar por cima os pedaços de coelho e regar com o líquido de assar o coelho.
Polvilhar com tomilho fresco e levar ao forno por mais 15 minutos até ficar dourado.

Sobremesa: Creme catalana com manga e mirtilos



Ingredientes (para quatro):
4 gemas de ovo
1 litro de leite
2 colheres de sopa de Maizena
Casca de 1 limão
Casca de 1 laranja
1 pau de canela
220g de açúcar
1 manga
80g de mirtilos
Umas folhas de hortelã
 



Preparação:
Juntar as gemas com a Maizena e um terço do leite.
Bater suavemente com uma vara de arames ate que fique bem ligado e a Maizena totalmente dissolvida.
Leve a ferver o resto do leite com 180g de açúcar, as cascas de limão e laranja lavadas e secas, e o pau de canela.
Acrescente o preparado das gemas e mexa.
Coza, sem deixar de mexer com a ajuda de uma colher de pau, até que o creme engrosse.
Retire as cascas dos cítricos e o pau de canela, e deixe arrefecer, mexendo de vez em quando.
Descasque a manga e corte-a em pedacitos.
Repartir a metade por 4 moldes individuais.
Lave os mirtilos, seque-os e junte metade aos moldes.
Verter o creme sobre as frutas, tapar com filme transparente e deixar no frigorífico pelo menos duas horas.
No momento de servir, polvilhar a superfície do creme com o restante açúcar e caramelizar com a ajuda de um maçarico.
Decorar com a fruta restante e com os raminhos de hortelã.

Resultou num delicioso e equilibrado menu...
Os mexilhões ficaram com um delicioso sabor.... uma mistura de picante e fresco... proporcionado pela menta e pela malagueta.... Foi uma agradável surpresa...
A sugestão veio de um livro que li faz tempo e que tentei arrancar da minha memoria... uma vez que não encontrava o livro... O resultado final está de longe igual... mas conseguiu-me arrancar um sorriso de orelha a orelha...
O coelho ficou perfeito.... os cogumelos ficaram perfeitos e as batatinhas assadas no microondas ficaram perfeitas.... Logo o resultado final só poderia ser perfeito...
Na receita original, da revista Lecturas  "Cocina facil",   as batatas cozinhavam ao mesmo tempo que o coelho... eu decidi cozinhar por separado e juntar tudo no fim...."numa ultima visita ao forno"....Foi uma decisão acertada.... 
O chef cá de casa adorou a mistura.... 
E para ser menu tem que ter sobremesa.... verdade?
O problema foi resolvido ao continuar a visita pela mesma revista.... heheheheh....
Fácil de fazer e de sabor delicioso... um final perfeito...
Sem dúvida uma excelente opção para o dia especial que está para chegar...
Por isso animem-se e ponham todo o vosso amor ao prepararem algo especial para mimar quem ocupa o vosso coração e vos mima todos os dias...
Por cá a tarefa foi concluída com sucesso... amanha já em doze rodas... o dia vai ser passado nas correrias do dia a dia.... e com um bocadinho de sorte vai haver um chocolate partilhado a dois.... Bem bom... ;)
Um grande abraço nosso e sejam felizes...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Bem vindo 2017...e um doce presente...

Bem vindo 2017....
Que venhas carregadinho de coisas boas...
Que todos juntos possamos fazer deste ano um ano memorável....
E nada melhor que começar o ano com algo doce....  
Algo que nos enche o coração e a alma.... 
Um presente doce para o aniversário de alguém pequenino e também ele doce....e que adora oreos... (até parece que estou a falar de mim... heheheheheh) 
Então nada melhor que um Cheesecake de bolachas oreo para festejar esses pequeninos anos de vida....
Parabéns Marcos.... que sigas contando muitos mais e a preencher as nossas vidas com essa alegria contagiante...





Ingredientes:

Para a massa:
1 embalagem de bolachas oreos
3 colheres de sopa de manteiga derretida

Para o recheio:
250 ml de natas
100g de queijo creme
3 colheres de açúcar em pó
¼ colher de sopa de extrato de baunilha
4 bolachas oreos

Para decorar:
framboesas q.b.
bolachas oreos q.b.
100g de chocolate em barra
2 colheres de sopa de nata



Preparação:
Para a massa:
Triturar as bolachas oreos com a ajuda de um processador.
Adicione a manteiga derretida e misture bem.
Colocar a mistura numa forma de fundo removível e com a ajuda de uma colher calcar bem.
Reserve no frigorífico.
Para o recheio:
Colocar as natas no congelador uns minutos antes de bater.
Bater as natas até dobrarem de volume. Reservar.
Num recipiente colocar o queijo creme, o açúcar em pó e o extrato de baunilha, bater até ficar cremoso.
Continue batendo e acrescente as natas batidas.
Triture algumas bolachas oreos e junte na mistura, mexendo para ficar uniforme.
Coloque o recheio sobre a massa e leve ao frigorífico por algumas horas até endurecer.
Pouco antes de servir, derreter o chocolate em banho maria com as natas.
Mexer até ficar uniforme.
Partir pela metade as bolachas oreos reservadas para a decoração.
Decorar o cheesecake com as bolachas e as framboesas.
Verter por cima a mistura de chocolate derretido.
Guardar no frigorífico até servir.




Esta é uma sugestão perfeita para quem adora bolachas oreos...
O resultado final foi do agrado de todos os presentes...
As framboesas deram-lhe uma frescura que casou na perfeição com o sabor e textura das bolachas oreos.
Estes tipos de cheesecakes deixo-os no frigorífico de um dia ao outro para ficarem bem sólidos... 

E assim deixamos para trás 2016 com todos os seus encantos e desencantos  e damos as boas vindas a um novo ano.... e às suas novas 365 oportunidades para realizarmos todos os nossos desejos...
Que assim seja...
Um grande abraço nosso e até breve...